Aprovado o projeto de lei das Casas de Parto

Foi aprovado, nesta terça-feira (26), em 2ª discussão, o projeto de lei que estabelece diretrizes para a criação do programa Centro de Parto Normal e Casa de Parto, para o atendimento à mulher no período gravídico-puerperal, e da outras providências, de autoria da vereadora Tânia Bastos junto com outros vereadores.

Os Centros de Parto Normal e Casas de Parto são estabelecimentos de saúde voltados para o atendimento integral da mulher gestante, em parto e durante o pós-parto imediato em situações de risco habitual.

As Casas de Parto, com uma concepção de atendimento integral à saúde da mulher, oferecem um pré-natal que contempla o atendimento de assistentes sociais, nutricionistas e atividades educativas que estimulam o vínculo com o recém-nascido, cuidados com o bebê, o incentivo à amamentação e a consciência corporal. Assim, o atendimento é realizado de forma integral, entendendo a gestação como um evento múltiplo (fisiológico, emocional e social) que não tem um fim em si mesmo.

Atualmente, o município do Rio de Janeiro, conta com uma Casa de Parto que em 13 anos assistiu a cerca de 3.000 partos com desfechos favoráveis à saúde da mulher, não apresentando nenhuma morte relacionada a causas maternas.

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow