Debate sobre feminicídio lota auditório da Universidade Rural em Nova Iguaçu

O Evento “Eu quero um Rio sem Feminicídio” promovido pelo PRB Mulher Rio, em parceria com o PRB Nova Iguaçu, foi um grande sucesso. Aproximadamente 300 pessoas lotaram o auditório do campus da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), em Nova Iguaçu, para assistir as palestras do delegado federal Clayton Bezerra e da Coach, Lani Menezes, que falou sobre felicidade e autoestima. O bate-papo foi conduzido pela idealizadora do evento e coordenadora estadual do PRB Mulher, a vereadora do Rio, Tânia Bastos, que tem levado a discussão sobre o tema à diversas cidades do estado do Rio de Janeiro.

O delegado Clayton Bezerra, em sua palestra, alertou as mulheres quanto aos números alarmantes de casos de feminicídio. Segundo ele, oito mulheres são assassinadas por dia no Brasil, e a maior parte dos autores desses crimes estão dentro de casa. “A melhor forma de trabalhar a redução desses casos é com a prevenção. E é isso que estamos fazendo nesse debate, uma vez que vocês vão sair daqui já conscientes e ainda vão passar para as amigas e familiares”, disse. Clayton também esclareceu que atualmente não é mais possível que o agressor pague simples cestas básica como forma de punição, pelo fato de a violência contra a mulher não ser mais tratada como infração de menor potencial ofensivo. “Quando falamos de violência contra a mulher não podemos pensar somente na polícia. Temos que pensar no Ministério Público, no poder Judiciário, porque para garantir a segurança de uma mulher agredida é preciso uma integração entre os órgãos do Estado que tem o dever de apoiar as vítimas com as medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha”, enfatizou.

Anfitriã do evento, a deputada federal, coordenadora nacional do PRB mulher e presidente do PRB Nova Iguaçu, Rosangela Gomes, que foi ovacionada em sua chegada, também falou ao público sobre o combate a este crime de homicídio quando praticado contra a mulher. “Estou muito feliz com o sucesso que estão sendo essas palestras por diversos municípios. É por isso que eu digo que o PRB cuida do povo. Todas nossas causas são em benefício das pessoas. Em Brasília, também tenho atuado arduamente na defesa desta e de outras causas tão importantes quanto. Em dois requerimentos de minha autoria defendo a tipificação dos crimes de atentado violento ao pudor e de atentado violento ao pudor de vulnerável, protegendo não só a mulher, como qualquer outra pessoa”, garantiu.

Também estiveram presentes no evento, a primeira deputada estadual mulher do PRB, Beatriz Santos; o pastor, Igor Toledo; a coordenadora Municipal do Rio de Janeiro, Paty Armstrong; a coordenadora municipal do PRB Mulher Nova Iguaçu, Glaucia Miranda; a coordenadora municipal do PRB Mulher Queimados, Penha Ramires; a coordenadora municipal do PRB Mulher Japeri, Vera Lúcia e a coordenadora municipal do PRB Mulher Niterói, Marisa Chaves.

A sequência de eventos “Eu quero um Rio sem Feminicídio”, organizado pelo PRB Mulher Rio, segue pelo Estado e estará em São Gonçalo no dia 23, em Cabo Frio dia 25, em Rio das Ostras no dia 30 deste mês e em Magé no dia 7 de outubro.

Texto e fotos: Erick Bello

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow