É preciso refletir sobre a segurança municipal

escolhida1Na sessão do plenário desta quinta-feira (18/02), a vereadora Tânia Bastos ressaltou sobre alguns pontos que devem ser revistos no sistema de segurança municipal, além demonstrar um interesse em querer apoiar um projeto de lei que propõe o aumento da tolerância em estacionamentos públicos para mais de 20 minutos.

A vereadora citou o ocorrido durante o Carnaval, envolvendo guardas municipais. “Sabemos que a Guarda Municipal tem a função de manter a segurança pública e patrimonial nos municípios. A sua função é de extrema importância. Analisando o episódio ocorrido na Presidente Vargas, no dia 14 de fevereiro, no desfile do Bloco dos Bancários, destacamos alguns pontos que contradizem a função que foi designada a estes profissionais. Na Ilha do Governador, por exemplo, foram 29 Blocos efetivos. Cada bloco é composto por, no mínimo, duas mil pessoas. E este número pode chegar a 18 mil”, argumentou a parlamentar acrescentando: “Concordo que precisamos dar um basta à violência. Mas como vamos fazer isto sem uma estrutura sólida e eficiente? Estes guardas estão apenas seguindo as ordens que lhes são dadas. Vamos refletir sobre o assunto, pois há vários pontos que precisam ser revistos”, destacou.

Tolerância em estacionamento

A Vereadora Tânia Bastos explanou ainda o desejo de apoiar um projeto de Lei apresentado pelo vereador Celio Lupparelli (DEM) que propõe uma prorrogação do tempo de tolerância em estacionamentos para mais de 20 minutos.

Na Ilha do Governador, por exemplo, há lugares que não há tempo mínimo de tolerância. “Às vezes a pessoa precisa parar rapidamente para pegar um exame ou um documento, isso só leva alguns minutos, mas mesmo assim paga pelo período de uma hora”, concluiu.

Leticia Namorato/ ASCOM Veradora Tânia Bastos

Foto: André Barbosa

Print Friendly, PDF & Email

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow