Prefeitura dá início à Campanha de Vacinação contra a gripe nesta segunda (17).

A Secretaria Municipal de Saúde dá início nesta segunda-feira, 17 de abril, à Campanha de Vacinação contra a Influenza. A vacina tem por objetivo reduzir as internações, complicações e mortes em decorrência das infecções pelo vírus da gripe. A campanha vai até o dia 26 de maio, sendo o dia D de mobilização no sábado 13 de maio, para atendimento ao público de 8 às 17 horas.

Sobre a eficácia da vacina, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir de 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% da mortalidade global e em, aproximadamente, 50% as doenças relacionadas à influenza.

Para vacinação em 2017, por recomendações do Ministério da Saúde, serão vacinados: idosos a partir de 60 anos, crianças de 06 meses a 04 anos, 11 meses e 29 dias, trabalhadores de saúde, gestantes em qualquer idade gestacional e puérperas até 45 dias após o parto, para estas será solicitada comprovação da condição clínica; estes são grupos prioritários para alcance da meta da campanha. A meta é vacinar 90% dos grupos alvo recomendados, que representa cerca de 1,4 milhão pessoas de uma população total de 1.589.226.

Além dos grupos principais, também serão vacinados: população privada de liberdade/funcionários do sistema prisional, nas próprias instituições; portadores de doenças crônicas nas unidades de atenção primária, para estes é necessária apresentação de prescrição médica com a indicação e, neste ano, serão incluídos os professores de ensino (básico, médio ou superior), de instituições públicas ou privadas, que apresentem comprovação da atividade laborativa exercida (contracheque, declaração, carteira funcional).

Segundo recomendação da OMS, para a temporada de 2017 do hemisfério sul, cada dose da vacina influenza trivalente é composta por cepas do Myxovirus influenzae, fragmentados, inativados e purificados com: A/Michigan/45/2015(H1N1) pdm09; A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2); B/Brisbane/60/2008. Será disponibilizada vacina produzida pelo Instituto Butantan.

O esquema é recomendado conforme a idade do vacinado, sendo 02 doses para crianças de seis meses a 8 anos de idade, se estes forem vacinados pela primeira vez; a partir de 9 anos, sempre dose única. É preciso atualização da dose anualmente, em virtude das mudanças de cepas dos vírus influenza.

Algumas situações clínicas exigem precaução para vacinação, como: portadores de doenças neurológicas devem consultar um médico antes de tomar a vacina; indivíduos em curso de doença febril aguda recomenda-se adiar a vacinação até que o estado de saúde melhore. Em caso de história de síndrome Guillain-Barré no período de até seis semanas após uma dose anterior, recomenda-se realizar avaliação médica criteriosa sobre benefício e risco da vacina antes da administração de uma nova dose. A contraindicação absoluta para vacinação influenza refere-se às pessoas com história de alergia grave (anafilaxia) e prévia a algum componente da vacina.

A Campanha de Vacinação contra Influenza ocorrerá nas 233 Unidades de Atenção Primária: centros municipais de saúde, clínicas da família, policlínicas, que funcionam de segunda a sexta-feira, de 8hs às 17h. Importante levar a Caderneta de Vacinação ou algum comprovante da situação vacinal no momento da visita à Unidade de Atenção Primária.

Confira no site da Secretaria Municipal de Saúde os endereços das unidades que oferecem a vacina da gripe: http://www.rio.rj.gov.br/web/sms .

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow