Prefeitura realiza neste sábado a segunda etapa da vacinação de cães e gatos

A Prefeitura do Rio leva neste sábado, dia 23, a campanha “Se liga, bicho! Raiva é caso sério” à Zona Norte, vacinando gratuitamente cães e gatos contra a raiva, em 135 postos fixos e cinco itinerantes que funcionarão das 8h às 17h. É a segunda etapa da ação que começou no último dia 2 por bairros do Centro e parte da Zona Norte, com 64.846 animais já vacinados, o equivalente a 89% dos 72.525 cães a gatos imunizados em toda a campanha do ano passado.

A meta para 2017 é chegar a, pelo menos, 500 mil animais em toda a cidade. Elaborada pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária, órgão da Secretaria Municipal de Saúde, a campanha antirrábica desse ano acontece sempre aos sábados – um dia em cada região do município -, como forma de facilitar a chegada do serviço à população.

Os próximos dias são 7 e 21 de outubro e 18 de novembro, com os endereços de todos os postos disponibilizados em www.rio.rj.gov.br/vigilanciasanitaria.

Segunda etapa

Neste sábado, 23, a campanha “Se liga, bicho! Raiva é caso sério” estará nos bairros de Manguinhos, Olaria, Bonsucesso, Ramos, Penha, Penha Circular, Brás de Pina, Parada de Lucas, Cordovil, Jardim América, Vigário Geral, Jacarezinho, Inhaúma, Higienópolis, Del Castilho, Engenho da Rainha, Tomás Coelho, Encantado, Méier, Água Santa, Pilares, Abolição, Engenho de Dentro, Cachambi, Lins de Vasconcelos, Piedade, Engenho Novo, Irajá, Vila Kosmos, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Turiaçú, Vista Alegre, Colégio, Rocha Miranda e Vaz Lobo.

Durante o dia, cinco Kombis irão percorrer os lugares de difícil acesso em Olaria, Penha, Brás de Pina, Inhaúma, Alemão e Lins de Vasconcelos, cada uma com capacidade de imunizar mil animais. Na hora da vacinação, os cães deverão estar com coleira e guia, e os gatos em caixas de transporte apropriadas. Animais com temperamento agressivo devem estar com focinheira.

Sintomas como dores no local da aplicação, febre e comportamento mais quieto podem ocorrer por até 36h após a vacinação. Todas as doses são repassadas pelo Ministério da Saúde, responsável pela aquisição.

A doença – A raiva é uma doença que compromete o sistema nervoso do homem, sendo incurável e com índice de letalidade próximo a 100%. É uma zoonose viral e todos os mamíferos estão suscetíveis ao vírus da raiva e podem transmiti-la, sendo cães, gatos e morcegos os principais transmissores.

A vacina é a única forma de controlar a doença que no Rio está controlada e não apresenta casos em humanos há mais de 27 anos. Mas ainda oferece risco à população, pois a cidade conta com um número alto de morcegos, cachorros e gatos. Caso uma pessoa seja mordida por um desses animais, deve lavar o local com água e sabão e imediatamente procurar a unidade de saúde mais próxima, onde receberá os primeiros cuidados e será encaminhada para uma das unidades que funcionam como polo de profilaxia da raiva. Se possível, o animal deve ser isolado por dez dias para observação quanto à manifestação da doença, reunindo informações sobre o dono e o endereço onde habita.

Fonte:.O. RIO 22/09/20127

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow